Ir para o conteúdo
Blogs de indústria da Microsoft

um homem olhando para frente sorrindo

 

Qual o seu conceito sobre Inteligência Artificial? Para os que não têm conhecimento sobre o assunto, é comum um certo estranhamento. Frente a inúmeras divagações sobre a maquinização do homem e o consequente fim gradual do trabalho manual, precisa-se normalizar a discussão sobre o tema da IA e seu papel em nossa sociedade atual.

Apesar de a definição de IA se estabelecer em máquinas com capacidade de substituir uma ação humana, ela vai muito além disso. Essa tecnologia vem para otimizar e evoluir a forma como produzimos, nos alimentamos, fazemos negócios e vivemos. Simulações de raciocínio como reconhecimento facial, comando de voz, nuvens como banco de dados ou armazenamento, sistemas de tratamento em saúde,  previsões meteorológicas e mecanismos no setor agrícola são alguns dos poucos exemplos. Mas se uma tecnologia pode nos ajudar tanto, porque temê-la? Muitas das vezes por falta de comunicação e informação.

Quando falamos de business e mercado, o primeiro setor que vem a mente com IA incorporada é o de atendimento. Chatbots jã são utilizados para milhares de empresas que buscam a melhor e mais rápida forma de atender seus clientes no primeiro atendimento digital. Além disso, sistemas de gestão inteligentes são responsáveis por análises gigantes de dados, garantindo uma margem muito menor de erro e menor produtividade.

A loT (Internet das Coisas), por exemplo, é um termo que já vem conquistando espaço e trabalha diretamente conectando objetos à internet e estará cada vez mais presente em nosso cotidiano, conquistando uma maior confiança tecnológica. Segundo uma pequisa feita pela Dell, o conhecimento sobre IA será fundamental para entrar e se manter no mercado de trabalho até 2030. Por isso, é preciso enxergá-la como aliada e uma nova habilidade profissional.

Para a Microsoft, soluções como Azure conseguem mostrar essa conectividade entre os objetos, unindo o uso do software a uma nuvem segura que guarda todos os seus dados, ajudando na controle e insight dos mesmos. Desta forma, tona-se possível aumentar a capacidade do Machine Learning e dar mais autonomia ao processo, possibilitando novas funções de trabalho.

Na última edição do AI+Tour, em São Paulo, o Diretor geral de programas de IA da Microsoft, Tim O´Brien, ressaltou a importância de desenvolver essa tecnologia de maneira ética, transparente e responsável, devido o seu potencial de ajudar a resolver desafios diários. É neste ponto que devemos entrar com os debates sobre o tema, a fim de entender as melhorias propostas pela IA de uma forma geral.

Aumento do PIB

Na mesma trilha de negócios, O´Brien exibiu a pesquisa encomendada à DuckerFrontier, que estudou o impacto da IA no mercado de trabalho no Brasil. Setores como: hotelaria, alimentação, varejo, serviços públicos e prestação de serviços corporativos mostraram que a utilização de IA pode aumentar o crescimento do PIB em pelo menos 7,1% até 2030, enquanto o FMI (Fundo Monetário Internacional) projetou uma margem de crescimento de até 2,9% durante o mesmo período.

 Produtividade no trabalho

Mais tempo no trabalho não significa maior produção dentro da rotina. Com um plano de negócio focado em Inteligência Artificial, empresas conseguem reduzir a carga horária diária e aumentam a produtividade, podendo surgir uma demanda por mãos de obras altamente qualificadas, tendo, em vista, uma adição de 17,7 milhões de empregos para quem tem skills em inteligência.

Nosso papel

Como uma empresa que foca na habilitação dessas capacidades, a Microsoft trabalha para que empresas e pessoas tenham o acesso a todas essas qualificações. Para saber mais sobre o assunto, leia as outras matérias sobre IA no blog e entenda como podemos te ajudar em seus negócios com as nossos pacotes.