Ir para o conteúdo
Blogs de indústria da Microsoft

Ilustração com um tablet e um notebook, A esquerda das imagens temos o texto: Hackathon Apex

Parceira da Microsoft de longa data, a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) utilizava as nossas ferramentas, mas vinha de um período de pouca inovação em TI. O caminho foi começar a treinar as equipes para que eles conhecessem todos os recursos que eles tinham à disposição, incluindo os serviços disponíveis na Nuvem. “Fizemos uma visita ao MTC (Microsoft Technology Center), em São Paulo, para pegar mais informações sobre as ferramentas de BI e atualizações sobre o Dynamics, e uma das tecnologias que me chamou atenção foi o PowerApps”, explica Eros Ramos Tomaz da Silva, Coordenador de Sistemas e Aplicações da Apex-Brasil.

 

Grupo de pessoas em uma sala de treinamento

 

O PowerApps é uma plataforma que faz parte do Office 365 e é utilizada para criar aplicativos personalizados para diferentes necessidades de negócios. A principal vantagem é que a ferramenta democratiza a experiência de criação de aplicativos com recursos avançados, sem a necessidade de  escrever um código.

 

Hackathon Apex-Brasil e Microsoft

 

Durante a visita ao centro de tecnologia, a equipe também se interessou pela possibilidade de realizar um Hackathon dentro da empresa. O objetivo era utilizar as ferramentas da Microsoft – nesse caso, o PowerApps – para atender a uma demanda mais urgente da organização. A empresa atua na linha de frente da defesa da exportação brasileira e, para fazer isso, ela precisa coletar informações estratégicas de comércio exterior. Esses dados estão ligados, basicamente, às oportunidades e ameaças que as os escritórios da Agência no exterior identificam lá fora e que atualmente são comunicadas de forma  descentralizadas para a sede, sendo enviadas por e-mail, mensagem ou, até mesmo, telefone.

 

Esse processo torna muito mais difícil o agrupamento dessas informações  e o desenvolvimento de uma inteligência a partir delas. “A nossa ideia foi criar um aplicativo em que os nossos usuários, no Brasil e no exterior, relatem essas ameaças e oportunidades e a partir daí comecem a gerar um banco de dados que, no futuro, possamos utilizar para coletar informações de uma maneira mais rápida e inteligente”, esclarece Gustavo Ribeiro, Coordenador de Monitoramento e Defesa de Interesses.

 

Grupo de pessoas sentadas ao redor de uma mesa trabalhando em computadores

 

Vantagens de utilizar o PowerApps

 

Um dos aprendizados mais bacanas do Hackathon foi a possibilidade de conhecer e trabalhar com uma nova ferramenta e compartilhar as “dores” da Ti e das áreas de negócios. Com a facilidade do PowerApps, eles perceberam que a plataforma seria ideal para esse projeto, pois as equipes envolvidas no Hackathon eram mistas entre TI e time de negócios. Além disso, desenvolver um aplicativo do zero seria muito caro e eles também não teriam pessoas suficientes para as manutenções necessárias do dia a dia.

 

“O PowerApps veio no momento certo. Depois do Hackathon, iremos continuar o projeto internamente sem a necessidade de contratação de fornecedores, gerando uma economia de, no mínimo, R$ 100.000,00”, afirma Eros Ramos Tomaz da Silva. Além disso, ao final do encontro, os participantes saíram satisfeitos e motivados com a iniciativa. O Hackathon deu a oportunidade para eles começarem a criarem outras aplicações que no futuro também irá facilitar o nosso trabalho”, enfatiza Eros.

 

Grupo de pessoas em cima de um palco.

 

Próximos passos

 

Aproveitando as ideias que surgiram durante o encontro, os programadores da Apex-Brasil estão reunindo tudo de mais legal que cada equipe criou para apresentar um novo produto. Inclusive o escritório do exterior já está apresentando seus feedbacks para que no próximo mês já esteja pronto para utilizar. A expectativa é que daqui um ano o aplicativo esteja completamente finalizado e já produzindo análises para todo o time.

 

Para os próximos meses, quando a empresa tiver mais volume de dados, a ideia é já utilizar o Power BI e, assim, gerar conteúdo para que os analistas tenham mais base para os estudos econômicos, financeiros e de exportação – e, em seguida,criar os alertas para entidades setoriais parceiras da Apex-Brasil, empresas brasileiras e para o governo.

 

“Não temos palavras para expressar nossa gratidão pela parceria que tornou possível a realização do primeiro Hackathon da Apex-Brasil. Durante os dois dias do evento, aprendemos mais sobre gestão de tempo, colaboração, dores de uma área de negócios e da TI na execução de projetos, além da gestão de prioridades e do conhecimento em uma nova tecnologia que poderá ser usada não só pela TI, mas por usuários finais”, finaliza Silva.

 

Veja também como nossos clientes estão transformando seus negócios com o PowerApps.