Profissional do setor público vestindo um capacete

O cenário econômico atual 

Para saber mais sobre como as organizações de finanças públicas podem ser um agente líder para a reconstrução econômica de nossas comunidades, assista “O papel fundamental das organizações de finanças públicas na reconstrução da economia (clique aqui)” On Demand. Com esse webinar, você obterá insights estratégicos de outros países sobre como eles estão reiniciando a reconstrução de sua economia. 

Com os governos agora focados na recuperação econômica pós-pandemia, três temas consistentes surgiram: 

  • A urgência da transformação digital: Os governos agora entendem que a tecnologia digital e os dados são componentes críticos da infraestrutura de seu país. As organizações mais adiantadas em suas iniciativas de transformação digital se mostraram mais resilientes. O governo do Canadá, por exemplo, articulou rapidamente as operações (clique aqui) para fornecer serviços essenciais e seguros aos cidadãos, permitindo ao mesmo tempo que cerca de 250.000 funcionários trabalhassem remotamente, minimizando assim o impacto nos serviços do governo. 
  • Parcerias público-privadas: Como as organizações estão operando em seu limite para fornecer serviços à comunidade, e para agilizar a abertura do que essas organizações podem oferecer, os governos devem buscar parcerias público-privadas (PPPs). A agilidade e a capacidade adicional que as PPPs fornecem mostraram ser especialmente valiosas quando empresas rivais se uniram para acelerar a fabricação de ventiladores (clique aqui)
  • Foco no impacto social e na boa sustentabilidade: Os governos destinaram recursos por meio de pacotes de estímulo para financiar programas que visam o desempenho ambiental, a coesão social e o desenvolvimento econômico. O Acordo Verde da UE visa mobilizar pelo menos 100 bilhões de euros no período de 2021 a 2027 nas regiões mais afetadas.1 A iniciativa ACGF (ASEAN Catalytic Green Finance Facility) fornece aos estados-membros do Sudeste Asiático assistência técnica e acesso a mais de US$ 1 bilhão em empréstimos de parceiros cofinanciadores.2 

A jornada de transformação digital nas agências de finanças públicas 

Os governos dependem das agências de finanças públicas para pagar a conta. Essas instituições enfrentam ineficiências significativas enquanto tentam combater o aumento de evasão fiscal e fraudes: 

  • Globalmente, leva-se em média 27,3 semanas para concluir uma solicitação de reembolso do IVA. Como resultado, os países da UE perdem anualmente 137 bilhões de euros em receita de imposto sobre valor agregado.3 
  • Todos os anos, os governos perdem globalmente US$ 2 trilhões devido à corrupção. Para contextualizar, esse valor resolveria a fome mundial, forneceria educação básica a todas as crianças, erradicaria a malária e preencheria a lacuna de infraestrutura global.4 
  • Com mais de US$ 9 trilhões planejados para pacotes de recuperação contra a COVID-19, novas rachaduras na infraestrutura dos programas de estímulo econômico serão expostas e revelarão novas e grandes oportunidades de corrupção e fraude.5 

As tecnologias de transformação digital são uma prioridade para os governos e essenciais para a forma como as agências de finanças públicas se relacionam com pessoas físicas e empresas. A capacidade que as novas tecnologias oferecem pode garantir os mais altos níveis de conformidade e uma reconstrução econômica mais eficiente. 

Os governos de hoje são mais proativos, colaborativos e transparentes. À medida que tentam habilitar recursos inteligentes e preditivos, as organizações vêm encontrando dificuldades na jornada. Resultados de sucesso só podem ser alcançados quando pessoas, governança, tecnologia e dados trabalham juntos. Transparência gera confiança, e confiança gera conformidade. Para acelerar a mudança para uma cultura de maior transparência e prestação de contas, os governos precisam se adaptar. 

Visão da Microsoft para a cooperação do ecossistema de finanças públicas com foco na reconstrução econômica 

Junto com a transformação digital acelerada, uma reconstrução econômica bem-sucedida requer cooperação entre agências. Essa cooperação necessita de uma base firmada na verificação de credenciais que permita compartilhamento de dados inteligente e em tempo real. Hoje, muitas agências de finanças públicas são incapazes de compartilhar dados e aproveitar a análise de dados de forma que lhes permita aplicar políticas e procedimentos que mais beneficiem comunidades, empresas e governo. 

A colaboração de dados segura e escalável ajuda os governos a atender melhor seus residentes, reduzir os custos administrativos e de conformidade e aumentar a competitividade do seu país. À medida que se tornam mais sofisticados, os governos podem começar a aproveitar o machine learning e a IA para evoluir de reativos para preditivos e proativos, de forma a minimizar custos operacionais e lidar com crises com mais eficiência. 

Organizações de finanças públicas adotam inovação tecnológica para acelerar os esforços de reconstrução econômica 

Um gerenciamento de subsídios moderno é necessário para garantir que o pacote de apoio certo chegue à organização ou ao indivíduo certo no momento certo. Um bom exemplo de como a tecnologia acelerou o fornecimento de auxílio apropriado é o trabalho que a KPMG e a GrantCare realizaram para ajudar a acelerar a liberação do fundo emergencial. As empresas também melhoraram o monitoramento e o gerenciamento de subsídios federais para o Estado da Geórgia (clique aqui). 

Para garantir que os governos alcancem as populações vulneráveis, dois componentes são críticos: verificação de elegibilidade e capacidades analíticas avançadas para segmentar populações e perfis. O governo de Flandres da Bélgica (clique aqui) está testando a tecnologia de identidade descentralizada para reduzir a carga para os cidadãos de optar por programas, enquanto aumenta a confiança deles no governo. O Fundo de Solidariedade e Investimento Social (FOSIS) do Chile (clique aqui) aproveita os dados e os recursos de IA para gerenciar informações e fornecer respostas com segurança aos cidadãos em situação de vulnerabilidade. Todos os dados do aplicativo — orçamentos, informações sobre o programa e gerenciamento operacional — são exibidos em dashboards para aumentar a transparência, enquanto o acesso baseado em função garante que as partes visualizem apenas os dados que devem ver. 

A facilidade de fazer negócios é extremamente importante para a competitividade de uma nação. O foco de melhoria, para reduzir a carga administrativa sobre empresas e pessoas físicas, recai sobre organizações como o Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação das Filipinas (clique aqui). Essa organização modernizou seu Sistema Eletrônico de Licenciamento de Permissões e Negócios (eBPLS) para simplificar processos, que levou a uma economia imediata de custos e tempo, redução da intervenção humana, menos erros e menos oportunidades de fraude e corrupção.  A solução implementada também possibilitou um processamento mais rápido de permissões e aumento das receitas, como resultado da melhoria das cobranças. 

De forma semelhante, o Ministério da Fazenda da Polônia (clique aqui) desenvolveu um serviço chamado “Twój e-PIT” (Seu Imposto de Renda Pessoal Eletrônico), uma ferramenta digital fácil de usar. Os contribuintes podem usar o e-PIT em qualquer computador, smartphone, smart TV ou console de jogos conectado à internet para declarar seus impostos. Agora é possível fazer a declaração em apenas cinco minutos, e a instituição continua a oferecer um conjunto completo de serviços, apesar da transição de seus funcionários para o trabalho remoto devido à COVID-19. 

A prestação de contas é uma medida especialmente importante para os governos. Proteger o dinheiro dos impostos contra fraude, desperdício, abuso e corrupção é prioridade para muitas organizações, políticos e seus eleitores. Para apoiar esses esforços, a Microsoft lançou a iniciativa ACTS (Anti-Corruption Technology and Solutions) (clique aqui) para capacitar os governos e outras partes interessadas em sua batalha contra a corrupção. Com essa iniciativa, a Microsoft espera apoiar os governos em sua busca por inovar com tecnologia e experiência. 

Na Microsoft, temos o compromisso de cumprir os requisitos de privacidade e segurança de dados dos governos. Entendemos que a realidade digital dos governos continuará sendo híbrida. Para responder melhor às necessidades governamentais, anunciamos a computação confidencial do Azure (clique aqui). A computação confidencial do Azure oferece a proteção de dados que faltava nas nuvens públicas. Esse novo serviço ajuda as organizações a proteger dados confidenciais e regulamentados que são processados na nuvem, isolando as computações em um ambiente de execução confiável baseado em hardware. Ele também protege os dados em uso para evitar que sejam acessados por um provedor de nuvem, administrador ou usuário. É baseado em hardware seguro, com ferramentas, software e infraestrutura em nuvem conhecidos. 

Nossa visão do ecossistema de finanças públicas cria um setor de finanças públicas preditivo e centrado no contribuinte. Ajuda também a medir os resultados sociais dos gastos públicos, levando a uma força de trabalho qualificada, infraestrutura moderna e sustentabilidade ambiental. 

Assista ao Fórum Digital: “O papel fundamental das organizações de finanças públicas na reconstrução da economia (clique aqui)” e visite Microsoft no governo (clique aqui) para saber mais. 

Referências: 

1 Um Acordo Verde Europeu (clique aqui) 

2 ASEAN Catalytic Green Finance Facility (clique aqui) 

3Paying Taxes 2020 (clique aqui)

4Desperdiçamos US$ 2 trilhões por ano em corrupção. Veja quatro maneiras melhores de gastar esse dinheiro | Fórum Econômico Mundial (clique aqui) 

5 Monitorando o apoio fiscal global de US$ 9 trilhões para combate à COVID-19 (clique aqui)