Ir para o conteúdo
Blogs de indústria da Microsoft

Quebrando o monólito do varejo

Os compradores de hoje se acostumaram com a praticidade das compras online, com pedidos feitos instantaneamente e entregues com rapidez. Para muitos varejistas, essa cultura de estar “sempre funcionando” ainda contrasta com as funcionalidades de muitos de seus sistemas herdados. A IDC, empresa de análises do setor, identificou recentemente uma receita adicional de até US$ 94 bilhões disponível para varejistas dispostos a investir em tecnologias que manipulem seus dados de negócios com eficácia. A The Record, revista trimestral para clientes corporativos da Microsoft, conversou com Vic Miles, diretor de Estratégia de Tecnologia de Varejo da Microsoft, sobre como os microsserviços oferecem aos varejistas a maneira perfeita de fornecer aos clientes uma experiência de varejo omnicanal personalizada e fluida.

“Se os varejistas realmente querem fornecer serviços aos seus clientes de maneira fluida em todos os canais atuais e futuros, eles precisam se afastar dos sistemas herdados monolíticos e das plataformas multicanais implementadas localmente”, diz Miles. “Os microsserviços baseados em nuvem são a próxima evolução do desenvolvimento de sistemas corporativos e são ideais para ajudar os varejistas a criar plataformas omnicanais que tenham uma visão completa de 360 graus de todos os clientes.”

Os parceiros Episerver, Claranet, Segment of One e Cegid discutem as maneiras pelas quais eles estão vendo seus varejistas tirarem proveito do Big Data, da nuvem e da IA em suas estratégias omnicanais; eles falam também sobre o uso da nuvem Microsoft Azure e das funcionalidades de aprendizagem profunda da plataforma de IA da Microsoft para melhorar significativamente os microsserviços comerciais que eles fornecem aos varejistas.

Você pode ler o artigo completo, além de uma série de outras histórias do setor fornecidas pela comunidade Microsoft Partner, na última edição do The Record em http://digital.tudor-rose.co.uk/therecord/issue09/126/.