Ir para o conteúdo
Blogs de indústria da Microsoft

Um homem e uma mulher apontando para o monitor

Se 2020 nos ensinou alguma coisa, foi que nenhum negócio é resiliente a tudo. Mas aqueles que decidiram digitalizar as operações mais cedo estavam mais bem posicionados para se recuperar e, em alguns casos, até mesmo acelerar. Na verdade, um especialista em varejo disse que tínhamos “testemunhado um salto evolutivo de 10 anos em direção ao digital” no varejo. Isso é um grande salto. E como uma indústria de varejo, precisamos nos aproximar do novo mundo em que vivemos com uma mentalidade digital. Na Microsoft, chamamos isso de habilitar o varejo inteligente, utilizando soluções digitais para conhecer melhor os clientes, capacitar funcionários de novas maneiras, oferecer uma cadeia de suprimentos ágil e resiliente para atender aos clientes onde quer que eles estejam e, em última análise, ajudar você a reimaginar o futuro do seu negócio. Hoje, na NRF 2021, estamos apresentando o Microsoft Cloud for Retail (Clique aqui e acesse).

Alinhadas a essas áreas de foco, aqui estão quatro tendências que a Covid-19 acelerou em 2020, que esperamos ver em 2021.  

Tendência 1: Explosão de dados e monetização 

Enquanto escrevo isso, 40 petabytes de dados de varejo serão gerados. Em perspectiva, se você gravasse uma música de um petabyte, precisaria de 2.000 anos para ouvi-la. Esses dados têm um valor enorme, mas como são 90% não estruturados, é um desafio separar o joio do trigo. Hoje estamos ajudando os varejistas a desbloquear o poder desses dados. Isso pode variar de funções analíticas preditivas, que fazem recomendações inteligentes para os clientes, até a conexão com os compradores dentro de uma loja ou site, para evitar fraudes e retração. Acreditamos que seus dados são um dos ativos mais valiosos, assim como seu inventário e suas lojas. E se compreendidos e pensados estrategicamente, seus dados podem abrir negócios inteiramente novos, fluxos de receita e diferenciação do consumidor. Por exemplo, a DICK’S Sporting Goods fez recentemente uma parceria com a Microsoft PromoteIQ para que as marcas pudessem aumentar a visibilidade no site da DICK’S e interagir com os compradores de uma forma mais significativa e personalizada. No primeiro mês desde o lançamento, eles excederam a receita do provedor de anúncios anterior em mais de 30% em relação ao ano anterior.  

Tendência 2: Parcerias e ecossistemas nos ajudarão a vencer juntos 

Parcerias fortes podem dar um gás aos negócios de qualquer varejista. Vi um estudo que mostrou que essas parcerias podem adicionar de 10% a 15% ao desempenho de receita de primeira linha, ajudando os varejistas a atender aos clientes onde eles estão, seja qual for o canal de varejo. As parcerias também ajudam os varejistas a agregar valor às relações com clientes existentes e podem dar aos varejistas acesso a novos conjuntos de habilidades. Tem sido um verdadeiro privilégio para nós fazer parceria com muitos de vocês em suas jornadas digitais, desde a FedEx, com quem estamos fazendo parceria para transformar a experiência de comércio de ponta a ponta, até varejistas como a Musgrave e Woolworths Australia, que introduziram um novo conceito de digitalização para atender à demanda do consumidor por experiências sem contato quando as lojas reabriram. Foi uma jornada incrível. 

Vejamos a Columbia Sportswear (clique aqui e saiba mais), que conseguiu dinamizar rapidamente as experiências de compra na loja com o Dynamics 365 Commerce para oferecer experiências de compra seguras para seus clientes e agentes de loja. Clique aqui e conheça os recursos que estamosanunciando sobre os recursos de comércio eletrônico B2B para o Dynamics 365 Commerce. Com base em nossos recursos B2C ricos e inteligentes, os varejistas poderão oferecer experiências de compra simplificadas e intuitivas para consumidores e parceiros de negócios em uma única plataforma conectada. De ponta a outra nesta indústria varejistas de todas as formas e tamanhos em muitos países do mundo inteiro estão em parceria com a Microsoft.  

Tendência 3: Sustentabilidade e comércio eletrônico ainda estão no radar de consumidores e marcas 

O interesse em comprar de marcas comprometidas com a sustentabilidade passou de uma moda para um motivador do cliente. Cerca de 67% dos clientes, de acordo com uma pesquisa, levam em conta as práticas de sustentabilidade ao fazer compras. Esta foi uma tendência crescente pré-pandemia, e na NRF do ano passado, notei que 85% dos itens têxteis (camisetas e similares) acabam em aterros sanitários. Estamos vendo grandes varejistas se empenharem para ajudar a resolver esse problema. O Walmart comprometeu-se a alcançar emissões zero até 2040. A H&M tem como objetivo obter materiais de origem sustentável ou reciclados até 2030. Aqui na Microsoft, estamos trabalhando para tornar nossa pegada de carbono negativa até 2030 e reabastecer mais água do que consumimos no mesmo ano. 

Tendência 4: Lealdade, o que é isso? 

A pandemia abalou as pessoas. Como resultado, os clientes mudaram seus padrões de compras, com 75% dos consumidores dos EUA relatando novos comportamentos de compra, como mudar de marca ou varejistas. Em todo o mundo, 50% dos consumidores experimentaram novas marcas. Os consumidores também estão comprando mais on-line e optando por retirada sem contato. Os varejistas que investem em tecnologia digital estão se mostrando mais bem equipados para lidar com essa mudança e se manter conectados com os clientes existentes, além de atrair novos clientes. 

Estamos vendo o impacto dessas tendências no varejo. Meus filhos e eu somos grandes fãs do Chipotle, mas precisávamos encontrar uma maneira de encomendar burritos para entrega sem contato. Usando o Microsoft Dynamics 365 Customer Insights, o Chipotle conseguiu entender melhor as preferências do cliente, como elas mudam com o passar do tempo e converter mais clientes em membros do programa de fidelidade. Cada cliente é diferente, e os insights permitem que o Chipotle personalize e comercialize para cada cliente como um indivíduo único. Com o Customer Insights, conseguimos aumentar nossa base de clientes em 30% e converter mais clientes em membros do programa de fidelidade.  

E veja a tendência de entregas drive-thru. Com um aumento de 218% para essa modalidade, o Microsoft Teams está lá para capacitar a linha de frente do varejo. 

Do Office Depot à cadeia de supermercados mexicana, Chedraui, os varejistas estão se adaptando ao novo normal, implantando o Microsoft Teams em toda a sua base de funcionários, desde executivos até vendedores. Para o Office Depot, o Teams se tornou a ferramenta ideal para tudo, desde caminhadas em lojas virtuais até permitir que a empresa faça entregas drive-thru dentro de 48 horas. Da mesma forma, a Chedraui, que vê suas lojas físicas e associados como a cara da empresa, usa o novo recurso de publicação de tarefas no Teams para impulsionar pontos de contato consistentes e de qualidade do cliente, por exemplo, através de expositores de lojas em suas mais de 300 lojas. Com as ferramentas certas nas mãos dos trabalhadores da linha de frente, eles se tornam parte da vantagem competitiva do varejista em remodelar o novo normal, seja permitindo a entregas drive-thru ou uma melhor transparência. 

Enquanto isso, a fidelidade do cliente é conquistada ou perdida nos micromomentos de garantir que o varejista tenha o item exato quando o consumidor está procurando por ele. O Microsoft Azure está entregando 200 milhões de previsões de compra por dia ao Walgreens, garantindo que os itens certos estejam em estoque no momento certo. É um movimento que coloca na vanguarda do varejo o que costumava ser uma operação de back-office, previsão de inventário e precisão. 

Com todos esses avanços, estou otimista sobre o futuro do varejo em 2021 e além. Na verdade, estamos tão profundamente comprometidos com a oportunidade de varejo e o papel que a tecnologia pode desempenhar que estamos introduzindo apresentando o Microsoft Cloud for Retail.  

O Microsoft Cloud for Retail tem como objetivo conectar experiências em toda a jornada do comprador com recursos integrados e inteligentes. Ao reunir diferentes fontes de dados em toda a cadeia de valor, permitiremos que os varejistas percebam o verdadeiro valor de seus dados, enriquecendo os principais processos de negócios e transformando dados em insights que possam gerar ações. 

Este serviço de nuvem específico do varejo terá como foco acelerar o tempo de valor, desbloqueando o poder do Microsoft Azure, Microsoft Power Platform, Microsoft 365, Microsoft Dynamics 365 e Microsoft Advertising. Todos reunidos por um modelo de dados comum e construídos sobre uma plataforma de segurança e conformidade.  

Nosso rico ecossistema de parceiros ampliará o valor da plataforma com soluções específicas para ajudar as organizações do setor de varejo a enfrentar os desafios mais urgentes e blindá-las para reagir proativamente ao que quer que aconteça no futuro.  

Estamos projetando o Microsoft Cloud for Retail para dar a você a flexibilidade para adotar os recursos necessários para atender às suas necessidades comerciais mais urgentes, seja conhecendo melhor os clientes, capacitando os funcionários, criando cadeias de fornecimento resilientes ou reinventando o varejo.  

Para se manter atualizado sobre as notícias do Microsoft Cloud for Retail, visite o nosso site e mantenha-se informado sobre o Microsoft Cloud for Retail para saber como se conectar aos seus clientes, à sua equipe e aos seus dados.