Ir para o conteúdo
Blogs de indústria da Microsoft

Foto de dois homens em uma empresa

Compreenda e execute o plano de migração em sua empresa

Você já passou por um outage? Uma indisponibilidade ou até mesmo interrupção de suas aplicações ou serviços? Já precisou de um servidor novo “para ontem” e não tinha orçamento disponível ou o prazo de entrega estava muito além do cronograma do seu projeto? Estender a capacidade dos seus recursos computacionais, por meio de um cenário de nuvem híbrida, é o caminho mais fácil para resolver adversidades e questões de escalabilidade.

Pensando na jornada de migração e extensão do seu data center, vamos pontuar cinco principais itens para a execução do plano de migração em sua empresa.

Custo

Com um modelo de nuvem, os custos de aquisição e de manutenção de hardware e software acabam diminuindo, os gastos de energia e água são menores e seu custo total acaba reduzindo também. Com o uso dessa tecnologia, você paga somente pelo que for usar. Para ajudar no cálculo, o Microsoft Azure possui uma calculadora online, onde você pode configurar e olhar as estimativas de preço pelo uso, ajudando no processo de escolha do serviço prestado pelo Azure.

Capacidade híbrida

Nuvem híbrida é qualquer combinação de nuvem privada ou infraestrutura local e infraestrutura em provedores de nuvem pública, como o Microsoft Azure. Essa técnica é interessante pela facilidade na implementação e na escalabilidade de workloads novos ou já existentes, sem desprezar os recursos locais já adquiridos anteriormente, como servidores e equipamentos de data center, bem como licenças e direito de uso de software de terceiros.

No cenário atual de negócios, nossos serviços precisam estar disponíveis e prontos para atender os clientes, em tempo integral, independentemente de onde eles estejam. Portanto, contar com a capacidade de ampliar os seus recursos locais, diante de qualquer necessidade, é de obrigatoriedade nesse contexto.

Cenários de nuvem híbrida são uma solução interessante em situações em que há um investimento recente em infraestrutura local e, ao mesmo tempo, a necessidade de contar com o nível de escalabilidade que apenas workloads rodando em nuvem podem proporcionar.

Visando proteger os investimentos já feitos em seu datacenter local, o Microsoft Azure possui, além de diversos produtos e soluções, vários benefícios para ajudá-lo na jornada da implementação de uma arquitetura de nuvem híbrida, como o Benefício Híbrido do Azure, onde é possível utilizar licenças existentes de Windows Server e SQL Server para reduzir em até 80% o valor desses workloads em nuvem no Azure. Outros serviços, como o Azure Site Recovery, permitem que você replique suas máquinas virtuais de forma fácil do ambiente local para a nuvem. Saiba mais em: Como conectar recursos do Windows Server ao Azure.

Segurança e confiabilidade

Durante qualquer mudança de cenário que envolva migração de dados e aplicações, questões sobre segurança, privacidade e confiabilidade sempre surgem e são, sem sobra de dúvidas, tópicos muito importantes durante o processo de escolha e adoção de um provedor de nuvem pública.

Para garantir a segurança de seus recursos, além de todas as funcionalidades de segurança com inteligência artificial e integradas em toda a plataforma da Microsoft, o Microsoft Azure é um provedor de nuvem pública com o maior número de certificações do mercado, com mais de 90 certificações de conformidade e segurança.

Você ainda pode utilizar recursos dentro do próprio Microsoft Azure para obter informações e relatórios sobre a segurança e saúde de seus workloads, utilizando ferramentas como o Azure Monitor, a Central de Segurança do Azure e o Azure Sentinel, onde é possível coletar, detectar, investigar e reagir a incidentes e ameaças em seus recursos e serviços.

Quando escolhemos um parceiro para estender nossos serviços na nuvem, é importante que possamos confiar em seus serviços e recursos. É por isso que o Microsoft Azure possui o Trust Center, um portal focado em esclarecer todos os pontos de dúvida em relação à segurança, privacidade e conformidade em seus serviços.

Inovação incomparável

Além de tecnológico, o modelo de computação em nuvem é uma inovação que traz muitos benefícios, como a automatização de tarefas – acelerando o desenvolvimento e migração de aplicações – e a escalabilidade, recursos que a infraestrutura on-premises não consegue suprir. Além disso, há a vantagem de ter um custo menor do que o modelo tradicional, modernizando também funções e cargos de profissionais da área.

É por isso que o Microsoft Azure possui diversas ferramentas para ajudar nos processos de migração de seus recursos, como o Azure Migrate, com o qual é possível realizar um assessment do ambiente para realizar a migração de serviços. Também há diversas ferramentas para execução da migração, como o serviço de migração de banco de dados do Azure, para bancos de dados e o Azure Site Recovery, para máquinas virtuais e disaster recovery.

A TI como parceira estratégica das áreas de negócios

Usando o processo em nuvem, os recursos de analytics e inteligência artificial podem ajudar a TI como parceiro estratégico das áreas de negócios e insights por dados, via gestão do datacenter local. Essa nova dinâmica ajuda a aumentar a produtividade e a capacitação de novas habilidades profissionais, estimulando sua equipe.

Você se interessou ou acha que está na hora de sua empresa migrar para um serviço de nuvem? Baixe o e-book com conceitos básicos sobre a migração para nuvem. Saia na frente com um sistema integralmente tecnológico que vai te ajudar na redução de custo e na inovação de processos. Acesse o centro de Migração do Azure e modernize o seu processamento de dados.